Curso de Pirâmides

A pirâmide em sua forma correta e posicionamento em relação ao eixo norte/sul tem capacidade de armazenar energias básicas da natureza. Faz uma composição nas proporções ideais das energias Cósmicas, Telúricas e Ambientais (radiônicas). Cada uma delas ocupa 1/3 da pirâmide. Cósmica no alto, Radiônica no meio e Telúrica na base. Posicionada corretamente a pirâmide passa a ser um acumulador de energias. Não devemos atribuir as pirâmides aspectos místicos ou mirabolantes, o que precisamos é reconhecer essa capacidade, saber como lidar e distribuir essas energias de forma inteligente e sem riscos.

É importante saber que as energias internas das pirâmides se distribuem num formato próprio, e que, qualquer grau modificado em relação ao eixo norte sul modifica os raios energéticos internos. Por segurança em sua aplicação, é preciso manter um posicionamento rígido e uniforme, caso contrário cada medida ou avaliação se apresentará diferente. Tais fenômenos são facilmente identificados por radiestesia. Algumas pessoas defendem que as pirâmides têm um portal, aquele que deverá estar sempre para o Norte, na dúvida não custa nada manter um único posicionamento da pirâmide.

Tópicos:

  • Aplicações de energias, sobretudo da base piramidal;
  • A energia das pirâmides;
  • Padrões energéticos encontrados na pirâmide;
  • As energias emanadas das pirâmides;
  • Portais da pirâmide;
  • As fases: Magnética e Elétrica;
  • Espectros emitidos pela base da pirâmide nas fases elétricas e magnéticas;
  • Tratamento a partir da base piramidal;
  • Forma de curas;
  • Tabela aplicativa – cromoterapia;
  • A base sul das pirâmides;
  • Os cuidados necessários com uma pirâmide;
  • Construção de uma pirâmide;
  • Pirâmide réplica de Quéops.